Plantão da Beleza: Vamos saber mais sobre absorventes.

Vamos saber mais sobre absorventes.

 
Mulheres improvisavam com panos, chumaço de lã e rolinho de grama
Dizia o comercial de TV que incomodadas ficavam as nossas avós. Ele tinha razão. Antes da invenção do absorvente descartável, a mulherada sofria. E improvisava.
De acordo com dados da instituição americana Museu da Menstruação e da Saúde Feminina, na Antiguidade, em Roma, as mulheres enfiavam pequenos chumaços de lã no interior da vagina para conter o fluxo menstrual. Em algumas tribos da África, usavam rolinhos de grama. As gregas revestiam ripas de madeira com várias camadas de retalho. Já as japonesas se viravam confeccionando canudinhos de papel. Na Indonésia, fibras vegetais eram usadas na tentativa de absorver o fluxo, ao passo que, no Egito, canutilhos de papiro faziam as vezes de absorvente higiênico. Todas essas invenções eram intravaginais – por isso, era melhor deixar um pedacinho para fora, para facilitar a retirada.

Registros arqueológicos mostram que, desde o século 15 a.C, as mulheres já pensavam em alguma espécie de proteção para aqueles dias. Mas uma das referências mais conhecidas acerca do assunto é encontrada nos escritos deixados pelo grego Hipócrates, mencionando expressamente a utilização de protetores intravaginais entre suas contemporâneas – ele viveu de 460 a 370 a.C.
Durante toda a Idade Média uma opção eram as toalhinhas higiênicas, feitas de qualquer resto de tecido – não raro, elas levavam ao surgimento de coceiras, assaduras e irritações no corpo. De todo modo, qualquer coisa devia ser melhor do que o isolamento a que as mulheres de diversas tribos indígenas eram submetidas: elas ficavam longe dos olhos dos outros, sentadas numa espécie de ninho, que absorvia o sangue.

Só no século 19 têm início pesquisas voltadas ao desenvolvimento de apetrechos mais funcionais. Em 1933 o absorvente interno foi patenteado, mas a novidade só chegou ao Brasil 40 anos depois. Por outro lado, toalhas descartáveis já ocupavam as prateleiras desde o fim da Primeira Guerra. Algumas tinham o formato de uma calcinha, ficando presas à cintura, enquanto outras eram presas com alfinetes – os absorventes com fita adesiva chegaram em 1970.
Um alívio sem precedentes, que livrou as mulheres de preocupações, como a de o que fazer para que ninguém visse o varal coalhado de retalhos suspeitos – afinal, as moças de boa família não podiam expor suas intimidades.

Muitos são os modelos, tamanhos, texturas, perfumes de absorventes a variedade disponível no mercado é enorme, mas, mantidos por muito tempo em contato com a pele, eles podem acabar causando grande incomodo e até alergias.
Os absorventes internos, por exemplo, são bem higiênicos e práticos, mas para utilizá-los sem correr riscos é preciso conhecer seu corpo. O absorvente interno pode causar alergias, ruptura do hímen, dor e lesão com sangramento.
É imprescindível prestar bastante atenção na hora de colocá-lo, pois às vezes a mulher coloca na posição invertida, ou seja, com o cordão para o lado de dentro. Isso dificulta a retirada e, algumas vezes, a mulher precisa ir ao ginecologista para se livrar do absorvente.



32 comentários:

  1. se eubt6e falar vc ñ acredita ,eu usava paninhos de algodão na adolescencia pois tinah muita alergia a absorventes =(
    hj eu uso interno.
    http://jackiemoraes.blogspot.com/2011/02/alongamento-aplique-com-tic-tac.html#comments

    ResponderExcluir
  2. Que legal amiga!! Muito interessante a historia dos absorventes!!! adorei as fotos que postou! rs

    Amiga tem selinho pra vc lá no meu blog!

    http://paodemelkarinne.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Amo o mundo moderno!!!

    bjinhos do mundodri

    ResponderExcluir
  4. Olá flor,nossa parabéns!
    Eu adorei o post,adorei mesmo saber dessa evolução.As mulheres sofriam é?Não queria está na pele delas nunca..

    Beijos
    http://tudodmenina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Si, adorei seu post! Quanta coisa que eu nem imaginava. Muito bom mesmo. Parabéns!
    Beijo
    Carol

    @carolgrtn
    http://coisinhascarolina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. A foto do absorvente de navalha da nervoso!!!
    Beijinhos, beijinhos!
    A Garota Veneno!

    ResponderExcluir
  7. Boa noite, Simara
    Informações importantes sobre este "incomodo" a qual as mulheres são submetidas todos os meses.
    Como evoluimos neste quesito.
    Bjo

    ResponderExcluir
  8. Ótimo post, bem útil,

    beijo,

    Thalita
    www.bolsadeaguaquente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Adorei o post muito interessante! Muito legal saber das dificuldades que as mulheres sofriam com esses dias, realmente é de se imaginar o que elas passavam!
    Parabéns pelo post cheio de curiosidade e informação adoro ler esse tipo de coisa!

    ResponderExcluir
  10. Ameiiii o post =)
    infelizmente temos q conviver com eles todo mes neh?! hahahah

    Beijooooo
    Monique

    http://unhaspintadasecia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. kkkkkkk! Me espocando de rir dos absorventes animados, ksaopkspakspkaspoa!
    Adorei o post... bom demais ficar maos informada sobre isso mana... Questãode saúde mesmo!
    Bjs gatona!

    ResponderExcluir
  12. amiga para falar a verdade eu odeio usar essa coisa chamada absorvente :( mais eu só uso da marca always são maravilhosos beijinhos e saudades.

    ResponderExcluir
  13. que interessante
    beijinhos e otima semana

    ResponderExcluir
  14. Tá louco a mulherada das antigas sofriam em e elas n tinha buscopan nem brigadeiro ... kkkk


    Bjks

    Lizzy ...
    http://deblusinhabranca.blogspot.com/

    @deblusinha

    ResponderExcluir
  15. Que bacana Si, não conhecia a história do absorvente! Mas pra mim não precisa ser cheio de enfeitinhos já que em breve é descartado! rsrrs
    Beijos, Fá.
    www.dospescabeca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Que post super importante, amiga.
    Esses cuidados são mesmo fundamentais.

    Adorei tb conhecer um pouco sobre a história dos absorventes. Nossa, antigamente as mulheres sofriam naqueles dias, né? rsrsrsrsrs

    Beijos e te espero lá no blog ;)

    www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. oi Lindoooooooooooooooona.. Menina nem me fale desses negócios lembro que na adolescência eu morria de vergonha de comprar, e sempre pedia a minha mãe e ela sempre trazia um que era do tamanho de uam fralda pra mim.. uó! ahuiehauiheiahe muito interessante a história, nossa fico imaginando o quanto de doenças essas mulheres podiam pegar, tacar fibras e trecos lá dentro?! uiii hihihi... Xegay pra deixar minha marquinha aqui e agradecer sua vizitinha e a marquinha que deixou lá no meu blog, não deixa de vizitar lá viu!? eu vou sempre estar bisbilhotando aqui e deixando minha marquinha, as vezes eu demoro, mas sempre volto! hihihih Um beijão no coração e até maisssssssss!!!

    http://mirzabraga.blogspot.com
    http://twitter.com/mirzabraga
    http://facebook.com/mirzaBraga

    Beijo da Mih!

    =D

    ResponderExcluir
  18. Seus posts são excelentes, Si!!!

    Eu só uso, desde que fiquei "mocinha" hehehe..., absorvente noturno.
    E dou preferência aos de malha seca, embora eu tenha um pouco de alergia.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Obrigada eu pela sua visita, volte sempre que quiser!

    Adorei o post, é super interessante. Os meus pensos preferidos sao os da Evax,sabes quais sao?

    segue?
    http://patinagem-sobrerodas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Oi Si querida, imagina... Não preciso de mimo amiga! Nem lembrava disso... hahaha! Só de você passar e ver meu post já é um grande presente, aliás amiga, adorei suas dicas, bem falado!

    Bj
    Lucy

    ResponderExcluir
  21. Oi Simara..desculpe o sumiço!
    Eu sou adepta dos absorventes internos desda minha menarca.Não troco por nada, são super práticos e higiênicos.Eu adoro e posso fazer de tudo, livremente,mesmo estando 'naqueles dias'!
    mas adorei saber mais sobre o assunto, cada história né?
    Adorei o post!
    bjo! e aparece por lá tbém!

    ResponderExcluir
  22. Adorei o post!

    http://simararosado.blogspot.com/

    BeijO!

    ResponderExcluir
  23. OI mara!
    Graças a Deus eu não nasci em outra época! hehehe!
    Detesto "aqueles dias", por mais moderno que sejam os novos absorventes!

    bjuuus!

    ResponderExcluir
  24. Adorei o post!
    Beijos
    http://gpolish.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Oi Si, boa tarde

    vi que você deixou um comentario no blog da minha loja
    você gostou do brinco foi?

    me manda um email.
    xerooo
    dayse.lima_lamartine@hotmail.com



    Dayse Lima
    lojafemina.blogspot.com
    deliriosdadayse.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Genteee, esse blog é muito fofinho!!
    Eu ainda não conhecia, e estou encantadíssima!!!
    Amei tudo!
    Beijoos,
    Ana

    ResponderExcluir
  27. Gostei do post
    Achei bem interessante e curioso o que as mulheres antigas usavam como "absorvente"

    ;*

    Participe dos sorteios que está rolando em meu blog...

    http://belezanamidia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Ou seja, as mulheres sempre sofreram! Hahahaha
    Aina bem que hoje em dia existem absorventes internos.. Eu não viveria sem, sério!
    Passa lá no meu blog, tem post novo!

    www.so-beleza.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. Tanta coisa q eu nem imaginava q existiu q bom q eu sou do sec. XXI msm q eu deteste usar absorvente é o unico modo q existe para a menstruação.

    Bjss

    ResponderExcluir
  30. UMA SOLUÇÃO INTERESSANTE PARA CÍLIOS E SOBRANCELHAS CURTOS, COM FALHAS, PROBLEMAS DE CRESCIMENTO , PROBLEMAS DE QUEDA OU FRÁGEIS


    TRATAMENTO COM EFICÁCIA , LUXO E GLAMOUR

    ECRINAL DA FRANÇA, SOFISTICADA E ESPECIALIZADA na nutrição dos cílios e sobrancelhas fragilizadas através de uma ação direta no bulbo ciliar, local de formação dos cílios e sobrancelhas. E bastante interessante.

    Essa ação pode ser descrita cientificamente da seguinte forma:

    Em resumo, o ativo patenteado da linha ecrinal, o A.N.P.® age sobre a papila dérmica, ativando a produção de grupamentos S-H, proporcionando um metabolismo ativo, indispensável à síntese de metionina e cisteína, aminoácidos que constituem essencialmente os fâneros (cabelos, cílios, sobrancelhas e unhas).

    O produto é usado a noite antes do deitar.

    A EMPRESA E LÍDER DE MERCADO NA FRANÇA E OS PRODUTOS SÃO TAMBÉM PRESCRITOS POR DERMATOLOGISTAS.

    A linha oferece também RIMEL NUTRITIVO E VOLUMADOR de cílios para uso de dia .

    O resultado e simplesmente glamouroso como a origem dos produtos, produzidos em Mônaco, na Rivieira Francesa .


    VC VAI ADORAR.............................


    Consulte os sites ( são sites técnicos e não de venda )

    ecrinal.com ( francês e Inglês )
    asepta.com ( da França )
    ASEPTA.COM.BR ( NO BRASIL )

    No site asepta.com.br na pagina "parceiros" ha inúmeras opções onde comprar.
    A Época Cosméticos no Rio, Drogaria Iguatemi em São Paulo e outros têm esses produtos à venda inclusive pela internet (dermexpress, dermatan, pharmaweb,... )


    espero ter contribuído de alguma forma

    ResponderExcluir
  31. Ahh eu uso muito always malha seca, eu acho o melhor. Mas até ai sou eu né. Acho muito legal esses decoradinhos. (:
    Se puder, olha o meu blog:
    http://makemeb.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *